Tag: Contos

 

No mato sem cachorro

Ele era um velho professor, ou pior, segundo os alunos, ele era um professor velho. Refratário às novas tecnologias e à moderna pedagogia, sua atuação baseava-se em conhecimentos arduamente conseguidos... Leia Mais

 

CORINTHIANS (2) vs. PALESTRA (1)

CORINTHIANS (2) vs. PALESTRA (1)     Prrrrii! – Aí, Heitor! A bola foi parar na extrema esquerda. Melle desembestou com ela. A arquibancada pôs-se em pé. Conteve a respiração.... Leia Mais

 

LISETTA

LISETTA Quando Lisetta subiu no bonde (o condutor ajudou) viu logo o urso. Felpudo, felpudo. E amarelo. Tão engraçadinho. Dona Mariana sentou-se, colocou a filha em pé diante dela. Lisetta... Leia Mais

 

A SOCIEDADE

A SOCIEDADE – Filha minha não casa com filho de carcamano! A esposa do Conselheiro José Bonifácio de Matos e Arruda disse isso e foi brigar com o italiano das... Leia Mais

 

AMOR E SANGUE

AMOR E SANGUE Sua impressão: a rua é que andava, não ele. Passou entre o verdureiro de grandes bigodes e a mulher de cabelo despenteado. – Vá roubar no inferno,... Leia Mais

 

TIRO DE GUERRA N0 35

TIRO DE GUERRA N0 35 No Grupo Escolar da Barra Funda Aristodemo Guggiani aprendeu em três anos a roubar com perfeição no jogo de bolinhas (garantindo o tostão para o... Leia Mais

 

CARMELA

CARMELA Dezoito horas e meia. Nem mais um minuto porque a madama respeita as horas de trabalho. Carmela sai da oficina. Bianca vem ao seu lado. A Rua Barão de... Leia Mais

 

GAETANINHO

GAETANINHO   – Xi, Gaetaninho, como é bom! Gaetaninho ficou banzando bem no meio da rua. O Ford quase o derrubou e ele não viu o Ford. O carroceiro disse... Leia Mais

 

Armazém Progresso de São Paulo

O armazém do Natale era célebre em todo o Bexiga por causa deste anúncio: Aviso às Excelentissimas Mães de Família! O Armazém Progresso de São Paulo DE NATALE PIENOTTO TEM ARTIGOS... Leia Mais